Torcida do PSG vandaliza Paris após derrota para o Bayern; assista

Carros foram incendiados, e lojas, saqueadas; no total, 148 pessoas foram detidas

  • Por Jovem Pan
  • 24/08/2020 11h05
Ian Langsdon/EFETorcedores do PSG entraram em confronto com a polícia após a derrota para o Bayern de Munique na final da Champions League

A derrota por 1 a 0 para o Bayern de Munique, no último domingo, 23, em Lisboa, pela final da Liga dos Campeões da Europa, revoltou parte da torcida do PSG. Horas depois do jogo, os Ultras (torcedores organizados) da equipe francesa foram às ruas de Paris e protagonizaram atos de vandalismo pela cidade. Carros foram incendiados, e lojas, saqueadas. Ainda houve confrontos entre torcedores e policiais. No total, 148 pessoas foram detidas.

O local mais afetado foi a tradicional avenida Champs-Elysees, que havia sido fechada ao tráfego de veículos para a eventual comemoração do título do PSG na competição continental. Na última semana, o cartão postal já havia sido palco de incidentes parecidos durante os festejos pela vitória do PSG sobre o RB Leipzig pela semifinal da Champions.

Na área central de Paris, um grupo mais agressivo de torcedores incendiou carros, destruiu vitrines de lojas e realizou saques e assaltos. Além disso, pedras e garrafas foram lançadas contra policiais, que responderam com gás lacrimogêneo e tiros com balas de borracha. Outra região que foi palco dos protestos na noite do último domingo, 23, foram os arredores do Parque dos Príncipes, estádio da equipe parisiense. Por lá, também aconteceram prisões e brigas.

“A selvageria de certos delinquentes da noite passada: 16 membros das forças policiais feridos, 12 lojas atacadas e cerca de 15 carros vandalizados”, informou o ministro do Interior francês, Gerald Darmanin. A derrota do PSG para o Bayern impediu o time francês de faturar o título europeu pela primeira vez na história. Por sua vez, com a vitória sobre Neymar, Mbappé, Di Maria e companhia, os alemães ergueram a taça da Champions pela sexta vez.

Assista, abaixo, a alguns vídeos das confusões em Paris: