Vice para o Brasil em 2002, alemão será julgado por envolvimento com pornografia infantil

Metzelder, que passou por Borussia Dortmund, Real Madrid e Schalke 04, estava na final da Copa do Mundo de 2002, quando a seleção brasileira venceu o pentacampeonato sobre a Alemanha por 2 a 0

  • Por Jovem Pan
  • 22/02/2021 15h53 - Atualizado em 22/02/2021 16h43
Reuteurs/SPORTING PICTURES (UK) LTD.Metzelder marcando Juninho Paulista na final da Copa do Mundo de 2002

O ex-zagueiro Christoph Metzelder foi formalmente acusado nesta segunda-feira, 22, por posse e divulgação de imagens de pornografia infantil, informou o Tribunal Distrital de Dusseldorf. O alemão, que pendurou as chuteiras em 2014, começará a ser julgado no dia 29 de abril deste ano e precisará comparecer a mais duas audiências em maio. Metzelder, que passou por Borussia Dortmund, Real Madrid e Schalke 04, estava na final da Copa do Mundo de 2002, realizada na Coreia do Sul e no Japão, quando o Brasil venceu o pentacampeonato sobre a Alemanha por 2 a 0 com gols de Ronaldo Fenômeno.

No final do ano passado, Metzelder foi acusado pelo Ministério Público de Dusseldorf, que tomou a ação após ter acesso ao telefone celular e a um computador do jogador, apreendidos em operação da polícia realizada em 2019. Nos objetos, ele não só tinha posse de conteúdo de pornografia infantil, como havia repassado o material a pelo menos outra pessoa, uma mulher que ainda não foi identificada. As primeiras investigações, iniciadas a partir de indícios recebidos pelo jornal alemão Bild, foram realizadas na cidade de Hamburgo, mas acabaram assumidas pelo Ministério Público de Düsseldorf, de acordo com a residência do ex-jogador. Metzelder foi titular da Alemanha nas Copas do Mundo de 2002, em que a seleção perdeu na final para o Brasil por 2 a 0, e de 2006, em que os hoje tetracampeões foram eliminados pela Itália, nas semifinais.