Goleira brilha nos pênaltis e Ferroviária se classifica para a final da Libertadores feminina

Luciana defendeu três pênaltis e foi o destaque da classificação das Guerreiras Grenás; a decisão será domingo contra o América de Cali

  • Por Jovem Pan
  • 18/03/2021 19h32
Ferroviária avançou com 0 a 0 no tempo normal e 7 a 6 nos pênaltis

A Ferroviária está na final da Copa Libertadores de futebol feminino. As Guerreiras Grenás venceram a Universidad de Chile nos pênaltis com direito a três defesas da goleira Luciana e irão decidir a taça do torneio contra o América de Cali, que eliminou o Corinthians nos pênaltis. O placar do tempo normal foi de 0 a 0, com muitas chances perdidas para ambos os lados. O time chileno ainda teve um pênalti a seu favor marcado no tempo normal, mas desperdiçou chutando para fora. No momento das penalidades, a luz de Luciana brilhou. A goleira defendeu três cobranças, incluindo a primeira e a última depois de nove tentativas. A Ferroviária ainda perdeu dois com Gessica e Ana Alice, terminando em 7 a 6. A final será disputada no domingo, dia 21.