Lugano deixa diretoria do São Paulo e se despede em rede social: ‘Novos desafios me chamam’

O uruguaio estava no cargo desde 2017; durante sua primeira passagem pelo clube como jogador, o zagueiro conquistou a Libertadores e o Mundial de Clubes de 2005

  • Por Jovem Pan
  • 04/01/2021 19h16
Divulgação SPFCLugano se despediu do clube nesta segunda-feira, 4

O ídolo e superintendente de relações institucionais do São Paulo Diego Lugano se despediu do tricolor paulista nesta segunda-feira, 4. Através de uma postagem em seu perfil no Twitter, o uruguaio se despediu do clube, dizendo que seu ciclo com o São Paulo se fechou e que “novos desafios” o esperavam. “Tudo na vida é transitório. Tive no São Paulo minha meia década de jogador, onde cresci como homem e profissional. Por último agora vivi no clube meus derradeiros anos como atleta e os primeiros numa função em que pude conhecer mais profundamente o ‘Universo São Paulo’. Sou muito grato a todos que conviveram comigo, dando-me a confiança e o amparo para exercer o novo ofício”, afirmou Lugano em sua mensagem. O ídolo do tricolor concluiu, dizendo que “o nosso tricolor passa por um momento de transição administrativa, e, pelo meu lado, novos desafios e compromissos também me chamam”.

A saída de Lugano na diretoria acontece depois da posse de Julio Casares como novo presidente do São Paulo. A história do uruguaio com o tricolor começou em 2003, quando chegou ao clube. Durante sua primeira passagem, conquistou o Campeonato Paulista, a Libertadores e o Mundial de 2005. Ele também foi eleito melhor zagueiro do Brasileirão daquele ano. Lugano deixou o clube em 2006, indo para o Fenerbahçe, da Turquia. Retornou ao São Paulo em 2016 e atuou até 2017, quando assumiu o cargo que ocupou até esta segunda. O uruguaio não deu detalhes sobre qual será seu destino ou se irá assumir um cargo semelhante em outra equipe.