Três anos após ser demitido pelo São Paulo, Rogério Ceni retorna ao Morumbi

O ‘Mito’, porém, não reencontrará a torcida que tanto o idolatra devido à pandemia da Covid-19

  • Por Jovem Pan
  • 13/08/2020 07h00 - Atualizado em 13/08/2020 07h05
Mourão Panha/Estadão ConteúdoRogério Ceni é o treinador do Fortaleza

Rogério Ceni, treinador do Fortaleza, voltará a pisar no gramado do Morumbi após mais de três anos nesta quinta-feira, 13, no duelo entre São Paulo e o Leão do Pici, a partir das 19h15, válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2020. Maior ídolo da torcida são-paulina, ele defendeu a meta do Tricolor paulista por mais de 25 temporadas, conquistou quase todos os campeonatos possíveis no clube e chegou a comandar o time por alguns meses em 2017, quando ainda estava iniciando a sua carreira como treinador. O “Mito”, no entanto, acabou sendo demitido no começo do torneio nacional, no dia 3 de julho, após uma sequência de maus resultados no nacional e nunca mais entrou naquela que foi sua casa por anos. Ceni, porém, não reencontrará a torcida que tanto o idolatra. Isto porque a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) segue proibindo a presença de torcedores nos estádios em razão da pandemia da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Desta forma, a homenagem dos são-paulinos para Rogério Ceni no tradicional estádio está adiada pela segunda vez seguida – no ano passado, o confronto aconteceu no Pacaembu em razão de um show que aconteceria na casa do Tricolor.

Rogério Ceni, aliás, já enfrentou o seu ex-clube em duas oportunidades e acabou saindo derrotado em ambas. No primeiro turno do Campeonato Brasileiro de 2019, o Fortaleza, comandado pelo ex-goleiro, fez jogo duro em solo cearense, mas acabou sendo derrotado pelo conjunto paulista por 1 a 0, com gol de Hernanes. Na ocisão, as torcidas dos dois times se uniram para fazer uma bela homenagem ao técnico.  Já no returno do mesmo campeonato, o São Paulo recebeu o Tricolor do Pici no Pacaembu e não decepcionou sua torcida ao vencer por 2 a 1 com gols de Pablo e Igor Gomes. Naquela partida, Ceni também foi prestigiado nas arquibancadas, tendo faixas estendidas em sua homenagem, além de ouvir cânticos e gritos a seu favor.

No breve período em que treinou o Cruzeiro, ainda no ano passado, Rogério Ceni não teve tempo para enfrentar o São Paulo – ele ficou no comando da Raposa por apenas sete partidas, todas pelo Campeonato Brasileiro. Após ser demitido, o treinador voltou ao Fortaleza e evitou a queda do time nordestino para a Série B.

No Fortaleza, Rogério Ceni se tornou ídolo após a conquista de três torneios: Campeonato Brasileiro Série B (2018), Campeonato Cearense (2019) e a Copa do Nordeste (2019). O momento, por outro lado, não é favorável, já que a equipe foi eliminada pelo rival Ceará na semifinal da Copa do Nordeste 2020 e começou o Brasileirão com derrota para o Athletico-PR.

Prováveis escalações

São Paulo: Tiago Volpi; Juanfran, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Tchê Tchê, Igor Gomes, Daniel Alves, Liziero e Vitor Bueno; Pablo. Treinador: Fernando Diniz.

Fortaleza: Felipe Alves; Tinga, Paulão, Jackson, Bruno Melo; Felipe, Juninho; Romarinho, Osvaldo, Wellington Paulista e David. Treinador: Rogério Ceni.