Seleção brasileira ficará completa apenas na véspera do jogo com a Colômbia

Mais seis jogadores se apresentaram na manhã desta terça-feira, 9, em São Paulo, onde está concentrada a equipe de Tite

  • Por Jovem Pan
  • 09/11/2021 11h16 - Atualizado em 09/11/2021 11h17
Lucas Figueiredo/CBF Thiago Silva treinando com o restante da seleção brasileira Thiago Silva treinando com o restante da seleção brasileira

Mais seis jogadores se apresentaram à seleção brasileira na manhã desta terça-feira, 9, em São Paulo, onde está concentrada a equipe de Tite. A delegação, contudo, só ficará completa na quarta, com a chegada de Gabriel Magalhães, na véspera do jogo contra a Colômbia, pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2022. Metade do grupo que chegou nesta terça veio da Inglaterra. Alisson e Fabinho vieram de Liverpool, enquanto Raphinha, maior destaque do Brasil nas últimas rodadas das Eliminatórias, veio de Leeds. Renan Lodi e Matheus Cunha viajaram de Madri, onde defendem o Atlético, e Lucas Paquetá estava na França – atua no Lyon.

O último a se apresentar será Gabriel Magalhães, na quarta. A “demora” é justificada: o zagueiro do Arsenal foi convocado de última hora para o lugar de Lucas Veríssimo, cortado por lesão. Ele vai desembarcar em solo brasileiro um dia antes da partida contra a Colômbia, marcada para quinta, na Neo Química Arena, o estádio do Corinthians. O elenco da seleção começou a se apresentar na noite de domingo. O meia Philippe Coutinho foi o primeiro a integrar o grupo de Tite. A maior parte dos jogadores chegou na segunda, quando o treinador comandou o primeiro treino, contando com apenas 13 dos 23 jogadores convocados. Na prática, apenas três jogadores treinaram com bola: Coutinho e os goleiros Ederson e Gabriel Chapecó.

Agora com time reforçado, Tite vai comandar o segundo treino da seleção a partir das 16 horas desta terça, novamente no CT Dr. Joaquim Grava, do Corinthians. Com a chegada de Gabriel Magalhães na quarta, é possível que o treinador contabilize apenas uma atividade com o elenco completo antes do jogo contra os colombianos. Ainda invicta após 11 jogos da competição e líder com 31 pontos, a seleção pode garantir classificação já nesta rodada, caso vença a Colômbia e o Uruguai não vença a Argentina na sexta-feira. A seleção brasileira encerra o ano contra a Argentina, em San Juan, no dia 16, terça-feira da próxima semana.

*Com informações do Estadão Conteúdo