Tite indica mudanças na escalação para Brasil x Paraguai; Alex Sandro contra Covid-19

o técnico da seleção brasileira disse que a mistura de jogadores mais experientes e mais jovens será uma tendência na seleção até a Copa do Mundo

  • Por Jovem Pan
  • 31/01/2022 15h07
EFE/EPA/Lucas Figueiredo Tite cumprimenta funcionários da CBF em treinamento da seleção brasileira Tite classificou a seleção brasileira para a Copa do Mundo de 2022

Tite concedeu entrevista coletiva, nesta segunda-feira, 31, na véspera do duelo da seleção brasileira contra o Paraguai, no Mineirão, válido pela 16ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2022. Já classificado para o Mundial do Catar, o Brasil terá mudanças em sua escalação. De acordo com o treinador, que ainda não divulgou o time que iniciará o jogo contra os paraguaios, alguns jovens terão espaço. “Quando a gente se sente apoiado, a tua possibilidade de desempenho é maior. Quando você vai para um local que te incentiva, você sente isso. É uma forma da equipe e esses jovens, e vão ter bastante jovens, de se sentirem confiantes. Que a camisa amarela seja responsabilidade, mas confiança.”

Tite indicou que a mistura de jogadores mais experientes e mais jovens será uma tendência na seleção até a Copa do Mundo. “Equilíbrio entre a parte mental e física, experiência e jovem. Essa mescla estamos tendo tempo de oportunizar mais, diferente de 2016 (quando ele assumiu a seleção). Hoje há esse tempo. Inclusive por que fizemos campanha que deu oportunidade para chegar dessa forma. Estamos deixando de lado adversário? Não. Tudo que ser bom, bola parada, jogo coletivo. Mas a situação nos dá oportunidade de fazer isso com jovens”, acrescentou o técnico, que precisará fazer mudanças nas duas laterais. Na direita, Emerson Royal, expulso no empate com o Equador, deverá dar vaga para Daniel Alves. Já na esquerda, Alex Sandro testou positivo para a Covid-19 e deverá ter Alex Telles como substituto.