Zezé Perrella cobra respeito de torcedores do Cruzeiro após levar cusparada

  • Por Jovem Pan
  • 22/05/2020 11h43
Vinnicius Silva/CruzeiroZezé Perrella esteve à frente do Cruzeiro no final de 2019

Zezé Perrella levou uma cusparada e foi muito xingado por torcedores do Cruzeiro, na última quinta-feira (21), durante a eleição para presidente do clube, em Minas Gerais. Nas redes sociais, o ex-dirigente da Raposa lembrou do seu legado para a instituição e cobrou respeito de parte da torcida.

“Eu não espero gratidão de ninguém. Eu só espero que vocês, essa minoria, me respeite por tudo que eu fiz pelo Cruzeiro. Aqui não vai nenhum ato de revanchismo ou um ato de nervosismo, porque sei que a esmagadora maioria da torcida me respeita e sabe tudo que fizemos pelo clube”, comentou.

Perrella esteve à frente da gestão de futebol da Raposa em outubro do ano passado, quando precisou substituir Itair Machado. Em dois meses, ele não conseguiu elevar melhorar a situação da equipe e viu o Cruzeiro ser rebaixado para a 2ª divisão do Campeonato Brasileiro.

Para piorar a situação, o Cruzeiro mergulhou em uma grave crise financeira, responde por vários processos trabalhistas e, por isso, começará a sua trajetória na Série B com menos 6 pontos após uma punição da Fifa.

Perrella, no entanto, afirmou que Sérgio Santos Rodrigues, vencedor na votação para presidente, irá reerguer o clube em menos de cinco anos.

“É a vocês, essa meia dúzia de vândalos, que eu peço, se vocês são realmente cruzeirenses, ajudem o Sérgio agora, tenham paciência, porque eles não vão conseguir reconstruir o Cruzeiro com menos de cinco anos. O que fizeram foi um crime com o Cruzeiro, e os responsáveis, se Deus quiser, vão todos ser apontados e quem tiver culpa vai pagar por isso”, declarou.

No vídeo, Perrella também se defendeu sobre a responsabilidade na queda inédita para a segunda divisão do nacional.

“Gostaria de dizer também para você torcedor que eu entrei na reta final, colocando um legado de 17 anos, para tentar ajudar o Cruzeiro a não cair, infelizmente, nós não conseguimos, mas eu tive pelo menos coragem de tentar. E dizer para vocês que eu nunca apoiei essa diretoria passada. Eu apoiei foi o Sérgio Rodrigues, e nós perdermos as eleições”, falou.