Jogador namorado de Larissa Riquelme é assaltado e agredido em Buenos Aires

  • Por Agencia EFE
  • 11/03/2014 12h43

Buenos Aires, 11 mar (EFE).- O meia-atacante Jonathan Fabbro, do River Plate, sofreu um assalto violento na madrugada desta terça-feira por parte de um grupo de ladrões enquanto festejava o aniversário de sua mãe em Buenos Aires em companhia de outros familiares e da namorada, a modelo paraguaia Larissa Riquelme.

O assalto ocorreu por volta da 01h30 (local, o mesmo de Brasília), quando seis pessoas armadas invadiram a casa e agrediram Fabbro, que defendeu o Atlético-MG em 2006, e outras pessoas presentes, entre elas algumas crianças, antes de levarem todos os objetos de valor, segundo informações da polícia.

“Pegaram meu filho de 4 anos, que é incapacitado, e minha sobrinha, de 3 e os colocaram uma faca na garganta” relatou o irmão e representante do jogador, Darío Fabbro, a um programa de televisão local.

A irmã mais nova do jogador, Ani Fabbro, descarregou sua raiva pelo assalto através do Twitter e repreendeu a presidente da Argentina, Cristina Kirchner.

“Entram em tua casa te assaltam, te torturam, te deixam com medo. É uma sensação, não, senhora Cristina?”, escreveu Ani. “E é preciso agradecer que não aconteceu nada além de golpes e ameaças. Até quando esta insegurança?”, completou.

Os ladrões levaram dinheiro, telefones celulares, roupas e eletrodomésticos, entre outros objetos, e deixaram todas as pessoas presentes amarradas. EFE