Murray vence fácil e vai às oitavas na Austrália; Wawrinka leva susto, mas avança

  • Por Estadão Conteúdo
  • 20/01/2017 11h11

Murray precisou de 1h59m para garantir a classificação para as oitavas de final

EFE Murray precisou de 1h59m para garantir a classificação para as oitavas de final

Na luta para finalmente conquistar o seu primeiro título do Aberto da Austrália, após cinco vice-campeonatos em Melbourne, Andy Murray não teve grandes problemas para confirmar favoritismo, nesta sexta-feira, e assegurar classificação às oitavas de final do primeiro Grand Slam desta temporada. O tenista britânico, líder do ranking mundial, venceu o norte-americano Sam Querrey por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/2 e 6/4, em 1h59min.

Com o triunfo, Murray se credenciou para enfrentar na próxima fase o alemão Mischa Zverev, que em outro jogo do dia derrotou o tunisiano Malek Jaziri por 3 sets a 1, com 6/1, 4/6, 6/3 e 6/0. Será a segunda vez que o escocês irá enfrentar Zverev, atual 50º colocado do ranking, no circuito principal da ATP, no qual o escocês derrotou o adversário anteriormente no Torneio de Munique de 2015, por duplo 6/2.

Esse foi o nono ano seguido em que Murray se classifica para as oitavas de final do Aberto da Austrália, sendo que ele ainda não perdeu nenhum set nesta edição do Grand Slam. E isso mesmo depois de ter torcido o tornozelo direito na última quarta-feira, durante jogo com o russo Andrey Rublev pela segunda rodada.

Nesta sexta, o número 1 do mundo admitiu que ficou um pouco hesitante em relação ao problema no início do jogo com Querrey, mas depois conseguiu superá-lo para avançar às oitavas de final. “Eu me senti melhor e melhor no decorrer do jogo em termos de movimento”, afirmou o britânico após a vitória desta sexta. “Eu estava me movimentando bem no fim, isso foi muito positivo”, completou.

Neste duelo diante de Querrey, atual 32º colocado da ATP, Murray exibiu eficiência ao aproveitar cinco de oito chances de quebrar o saque do norte-americano, que converteu apenas um de três break points, já no terceiro set. 

Com oito aces e 77% de aproveitamento dos pontos disputados com o primeiro serviço, o britânico também contabilizou 40 winners para encaminhar a vitória em parciais diretas. Foi a sétima de Murray em oito jogos contra o tenista dos Estados Unidos.

WAWRINKA – Em outro duelo realizado nesta sexta-feira, o suíço Stan Wawrinka, quarto cabeça de chave e campeão do Aberto da Austrália em 2014, também foi às oitavas de final, mas de maneira mais sofrida. O suíço chegou a levar um susto ao ser derrotado pelo sérvio Viktor Troicki no primeiro set, mas depois virou para bater o adversário por 3 a 1, com parciais de 3/6, 6/2, 6/2 e 7/6 (9/7).

Apesar de ter vencido dois dos sets por larga vantagem, Wawrinka teve um jogo complicado com Troicki, o 29º cabeça de chave, que chegou a quebrar o saque do suíço por cinco vezes e só foi sucumbir no tie-break da última parcial. O atual quarto colocado do ranking mundial, porém, converteu sete de 13 break points para assegurar a sua vitória.

Com o triunfo, Wawrinka avançou para enfrentar na próxima fase o italiano Andreas Seppi, que em outro duelo do dia passou pelo belga Steve Darcis por 3 sets a 1, também de virada, com parciais de 4/6, 6/4, 7/6 (7/1) e 7/6 (7/2).

NISHIKORI – Quinto cabeça de chave, o japonês Kei Nishikori foi outro tenista de destaque a assegurar classificação às oitavas de final nesta sexta-feira. Ele avançou ao derrotar o eslovaco Lukas Lacko por triplo 6/4. 

Assim, agora o tenista oriental espera pela definição do seu próximo adversário, que será conhecido ainda na noite desta sexta (no horário australiano) no confronto entre o suíço Roger Federer e o checo Tomas Berdych.

Outro que confirmou favoritismo para ir às oitavas de final em Melbourne nesta sexta-feira foi o francês Jo-Wilfried Tsonga, 12º pré-classificado, que derrotou o norte-americano Jack Sock com parciais de 7/6 (7/4), 7/5, 6/7 (8/10) e 6/3. 

E o próximo adversário de Tsonga será o surpreendente britânico Daniel Evans. Após eliminar na segunda rodada o croata Marin Cilic, sétimo cabeça de chave, desta vez ele despachou o australiano Bernard Tomic, 27º pré-classificado, por 7/5, 7/6 (7/2) e 7/6 (7/3). Tomic foi o algoz de Thomaz Bellucci na estreia, enquanto Tsonga eliminou o também brasileiro Thiago Monteiro na primeira rodada em Melbourne.