Neymar rebate críticas e afirma que não vai parar de festejar

Brasileiro justifica que a descontração é necessária para a saúde mental dos jogadores e nega o título de ‘imaturo’

  • Por Jovem Pan
  • 02/02/2021 12h09
Julien de Rosa/EFENeymar é conhecido por realizar grandes festas

Neymar sempre esteve nos holofotes, seja pela sua atuação no Paris Saint-Germain e na seleção brasileira ou pelas grandes festas realizadas pelo atacante. Em entrevista ao canal francês LCI, o craque rebateu as críticas e negou o título de “imaturo”. “Então, quem é que não gosta de festejar? Todo mundo gosta de curtir. Eu sei quando eu posso ir, eu sei quando eu posso fazer isso, e quando não posso”, disse Neymar. “É o contrário do que as pessoas pensam, de que eu sou imaturo, de que eu não sei o que estou fazendo”, afirmou. O camisa 10 justificou que seu lado festeiro seria uma forma de fugir da pressão que ele sofre em campo. “Se você ficar 100% com a cabeça focada em apenas jogar bola, na minha opinião, você vai acabar explodindo. Este é meu momento de relaxar, de ficar calmo… Eu nunca vou deixar de fazer isso”, assegurou.

Neymar se envolveu em polêmica após boatos de que o jogador teria realizado uma festa de ano novo para 150 pessoas no Rio de Janeiro, apesar da pandemia do coronavírus e da necessidade de isolamento social. O atacante também ganhou uma fama desastrosa por causa do aniversário de sua irmã, Rafaella Santos. Nas últimas cinco temporadas, o jogador sempre esteve machucado ou suspenso próximo do dia 11 de março e, antes que isso aconteça em 2020, o treinador do PSG, Mauricio Pochettino, se adiantou e disse que pode considerar liberar o atleta para o evento. “Quando chegar a hora, veremos. Depois de 12 anos como treinador, gosto cada vez mais de ser flexível. As novas gerações gostam de ser ouvidas. Hoje os direitos não se conquistam com autoridade, mas sim com convencimento”, explicou durante entrevista para a rádio argentina, Cadena Ser.

*Com Estadão Conteúdo