Governo japonês volta a descartar adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio

  • Por Jovem Pan
  • 17/03/2020 09h35
Reprodução/TwitterOs Jogos Olímpicos estão marcados para o final de julho e começo de agosto

O Japão segue sem cogitar o adiamento da Olimpíada, marcada para o final de julho e o começo de agosto, em Tóquio. Nesta terça-feira (17), o primeiro-ministro do país, Shinzo Abe, reiterou que não planeja suspender os Jogos de 2020.

Devido ao surto do novo coronavírus, diversos campeonatos esportivos estão sendo cancelados ou suspensos. Em entrevista coletiva, no entanto, Shinzo Abe afirmou que a realização dos Jogos seria uma forma de combater o Covid-19.

Abe também descartou uma edição sem a presença do público. Atualmente, o Japão é um dos países mais afetados com a doença, tendo 660 casos, com 28 vitimas fatais.

“Em relação às Olimpíadas, pretendemos realizar as Olimpíadas e Paraolimpíadas de Tóquio de maneira completa como prova de que a humanidade pode derrotar o novo coronavírus. E recebi apoio do G7”, disse Abe.

Na semana passada, Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, sugeriu que os Jogos deveriam ser disputados em 2021. Ministra das Olimpíadas, Seiko Hashimoto rejeitou a ideia.