Hamilton se diz ‘dividido’ sobre público no GP de Silverstone, na Inglaterra

Governo britânico autorizou a presença de 140 mil pessoas na corrida do dia 18 de julho

  • Por Jovem Pan
  • 24/06/2021 19h21 - Atualizado em 24/06/2021 19h59
EFE/EPA/Jennifer LorenziniPiloto disse em entrevista que está animado com o reencontro, mas preocupado pela Covid-19

O heptacampeão da Fórmula 1, Lewis Hamilton, disse em entrevista que está “dividido” sobre o retorno da capacidade total de público para o GP de Silverstone, na Inglaterra. O governo britânico autorizou 140 mil pessoas por dia no circuito, mesmo em meio a alta recente de casos da Covid-19. O piloto disse que está animado com o reencontro com os fãs em sua terra natal, já que o GP de 2020 foi a portas fechadas, mas ainda está temeroso pela pandemia. “Não posso dizer o quanto estou animado para ver as pessoas e a multidão britânica, porque é a melhor multidão de todas. No ano passado, não os tínhamos, para poder vê-los e sentir o energia que eles trazem para um fim de semana”, comentou durante uma entrevista coletiva nesta quinta-feira, 24, antes do GP de Steiermark, na Áustria. “Li que a vacinação é boa porque há menos pessoas hospitalizadas mas, não sei, parece-me um pouco prematuro [ter uma multidão cheia]”, acrescentou. “Mas as pessoas vão lá, espero que aprendamos algo com isso e espero que todos permaneçam seguros”, finalizou. O GP de Silverstone acontece entre os dias 16 e 18 de julho.