Hamilton se revolta com novo episódio de violência policial contra negros nos EUA

  • Por Jovem Pan
  • 29/05/2020 20h27
EFE/EPA/MICHAEL DODGEHamilton fez duras críticas às ações policias nos EUA

O piloto Lewis Hamilton, da Mercedes, postou um vídeo em suas redes sociais criticando a violência policial nos Estados Unidos. Nesta semana, George Floyd, um homem negro de 46 anos, morreu sufocado em uma abordagem policial em Minneapolis, Minessota.

O país vive uma onda de manifestações desde então, ocasionando até o decreto de toque de recolher vindo da prefeitura.

Nos stories, o hexacampeão escreveu “vocês são uma desgraça”, e compartilhou a capa da revista Time, que aborda a violência policial contra negros no país. Mais cedo, ele escreveu: “No mundo em que vivemos, quem será responsabilizado. Tenho certeza que não serão esses dois policiais”.

Além de Hamilton, o ídolo dos Lakers, LeBron James e Colin Kaepernick, ex-NFL, também se manifestaram sobre o caso.

Morte de George Floyd

Floyd trabalhava como segurança com um restaurante, e teria sido abordado por um grupo de quatro policiais após fazer uma compra com uma cédula falsa de US$ 29.

Ele foi imobilizado por um dos policiais. Uma mulher filmou a ação policial, horrorizada. No vídeo, é possível ouvir Floyd dizendo que estava “sem ar” enquanto um policial branco o pressionava com o joelho. Pouco tempos depois, Floyd ficou inconsciente. Ele morreu no hospital. A cidade vive uma onda de protestos violentos após o episódio.

O policial que asfixiou o segurança foi preso, e acusado de homicídio. A população local pede que os outros três sejam presos.