Pan: com 8 medalhas no 1° dia, Brasil tem melhor desempenho da história

  • Por Jovem Pan
  • 28/07/2019 12h28
LECO VIANA/THENEWS2/ESTADÃO CONTEÚDOBrasileiras levaram o bronze na Ginástica Artística feminina

O primeiro dia de disputas nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, rendeu oito pódios para a delegação brasileira. Os destaques do sábado (27) foram as medalhas de ouro obtidas por Luisa Baptista no triatlo individual feminino e por Bruna Wurts na patinação artística. Esse é o melhor desempenho da história para o Time Brasil no primeiro dia do Pan, superando as sete medalhas de Guadalajara, em 2011.

O dia foi finalizado com a medalha de bronze obtida pela equipe feminina de ginástica artística, com 158,550. Ficou atrás somente dos Estados Unidos (171,000) e do Canadá (160,600). O time nacional foi formado por Flávia Saraiva, Thaís dos Santos, Lorrane Oliveira e Carolyne Pedro.

A prova serviu ainda para as brasileiras avançaram às finais individuais. Flávia e Thaís se classificaram para a disputa da decisão do individual geral. Ambas também vão estar na final do solo. Flávia ainda estará na trave. Lorrane e Carolyne competirão nas barras paralelas.

O Brasil competiu sem duas das suas principais ginastas. Rebeca Andrade se recupera de lesão e Jade Barbosa foi cortada justamente neste sábado, a poucas horas do início da apresentação das brasileiras. Ela foi vetada por precaução após sentir dores durante os treinos e será preservada por causa do Mundial, na Alemanha, em outubro.

Pouco antes, o Brasil faturou dois pódios no taekwondo. Paulo Ricardo Melo levou o bronze ao superar o colombiano Jeferson Ochoa por 13 a 11 na disputa do 3º lugar da categoria até 58kg. No feminino, Talisca Reis foi batida pela mexicana Daniela Souza por 4 a 1 e ficou com a prata na categoria até 49kg.

Com estes resultados, o Brasil já exibiu evolução na modalidade em comparação à edição anterior do Pan, em Toronto-2015. No Canadá, foram conquistadas apenas duas medalhas de bronze.

Ainda neste sábado, Vittoria Lopes conquistou a prata no triatlo individual, formando dobradinha com Luisa Baptista na prova. E Manoel Messias faturou a prata na versão masculina da prova. Na patinação artística, Gustavo Casado ficou com o bronze.

*Com Estadão Conteúdo