São Bento segura o empate contra o Santos na Vila Belmiro

  • Por Jovem Pan
  • 29/03/2015 20h31
SANTOS, SP. 29.03.2015: SANTOS-SÃO BENTO - O jogador Ricardo Oliveira, do Santos, comemora gol durante partida entre Santos e São Bento, jogo válido pela 13ª rodada do Campeonato Paulista 2015, na Vila Belmiro em Santos SP. (Foto: Guilherme Dionizio/Folhapress)Ricardo Oliveira marcou

Para pouco mais de 5 mil torcedores, Santos e São Bento empataram por 2 x 2, na Vila Belmiro, em jogo válido pela 13ª rodada do Campeonato Paulista.

As duas equipes começaram com um bom volume de jogo, com boas oportunidades e com um grande espaço no campo para trabalhar a bola. Se todos imaginavam que o time da casa teria facilidades, percebeu que não seria bem assim quando o São Bento abriu o placar após Renan Teixeira desviar de cabeça e tirar todas as chances do goleiro Vladimir.

O time santista não se desesperou com o gol sofrido e conseguiu empatar três minutos depois após o pênalti marcado em cima do meia Lucas Lima. Na cobrança, Ricardo Oliveira igualou o jogo e marcou o seu sexto gol no Paulistão.

A partir dos 25 minutos da primeira etapa, o São Bento passou a tentar controlar mais o jogo, porém, sem eficiência. Isso fez com que o Santos ganhasse ainda mais espaço no campo e boas oportunidades surgiraram em finalizações de fora da área e com infiltrações pelos lados do campo.

O Santos voltou para a segunda etapa com um ritmo mais lento do que apresentou no primeiro tempo e o São Bento aproveitou para marcar o segundo gol, aos 13 minutos, com Éder, após vacilo de David Braz.

O zagueiro santista que errou no segundo gol do Bentão quase empatou quatro minutos depois ao aproveitar um bom levantamento para cabecear no canto, porém, o goleiro adversário fez uma bela defesa e desviou para a linha de fundo.

Após o gol, o São Bento passou a jogar mais na sua defesa e com um sistema mais recuado, mesmo assim o Santos não consegue transformar a posse de bola em oportunidades como fez no primeiro tempo.

A jogada do empate santista começou nos pés do Geuvânio, que chegou com perigo na grande área e cruzou rasteiro para a finalização do atacante Gabriel Barbosa.

Com a igualdade, o Santos ganhou mais confiança e viu a dupla Geuvânio e Lucas Lima aparecer mais para distribuir o jogo e criar boas jogadas pelas laterais.

Após marcar o segundo gol, o time santista avançou os seus jogadores para o campo do São bento e deixou apenas os zagueiros para proteger o sistema defensivo, com o avanço a equipe conseguiu ampliar ainda mais a posse de bola, porém, sem grande objetividade e o placar não mudou mais até o apito final do árbitro.