Canoagem: Fernando Rufino leva o ouro na canoa VL2 e conquista melhor resultado da história

Brasil nunca tinha conquistado um ouro na modalidade; melhor resultado tinha sido a prata de Luís Carlos na quinta-feira

  • Por Jovem Pan
  • 03/09/2021 23h33 - Atualizado em 04/09/2021 00h15
Reprodução/ CPBFernando Rufino é primeiro canoísta paralímpico brasileiro a conquistar medalha

A canoagem paralímpica do Brasil continua fazendo história na baía de Tóquio, no Japão. Depois da prata de Luís Carlos Cardoso na categoria KL1 200 metros, nesta sexta-feira, 3, Fernando Rufino foi ainda mais longe e conquistou o ouro na categoria canoa VL2. Esse é o melhor resultado da história do país na modalidade, que só tinha levado um bronze na Rio 2016. Fernando fez a prova no tempo de 53,077s e terminou à frente do norte-americano Steven Haxton e do português Norberto Mourão. O dia ainda foi de medalha no caiaque KL3 feminino com Mari Cristina Santilli ficando com a prata. O Brasil ainda esteve nas finais da canoa VL3 com a dupla Caio Ribeiro e Giovane Vieira.