Russas vencem na ginástica feminina por equipes após desistência de Biles

Equipe formada por Angelina Melnikova, Viktoriia Listunova, Vladislava Urazova e Liliia Akhaimova somou 169,528, três a mais do que as estadunidenses Biles, Sunisa Lee, Jordan Chiles e Grace McCallum

  • Por Jovem Pan
  • 27/07/2021 11h53 - Atualizado em 27/07/2021 16h34
EFE/EPA/TATYANA ZENKOVICHA Rússia venceu na ginástica feminina por equipes

Em prova marcada pela desistência de Simone Biles, uma das maiores atletas da atualidade, o Comitê Olímpico Russo levou o ouro na ginástica feminina por equipes nas Olimpíadas de Tóquio, na manhã desta terça-feira, 27. A equipe russa, formada por Angelina Melnikova, Viktoriia Listunova, Vladislava Urazova e Liliia Akhaimova, somou 169,528, três a mais do que as estadunidenses Biles, Sunisa Lee, Jordan Chiles e Grace McCallum (166,096 pontos), e acabou com o reinado norte-americano — o país não perdia uma prova em competição oficial desde o Mundial de Roterdã, em 2010. A medalha de bronze ficou com a Grã-Bretanha, que tirou a Itália do pódio no último aparelho.

Desta forma, Simone Biles recebeu a prata após participar apenas do primeiro aparelho. Normalmente dominante e responsável por encantar os amantes da ginástica, Simone Biles cometeu alguns erros nas classificatórias do final de semana e novamente não foi bem nesta terça-feira. A sua desistência, inclusive, aconteceu após ela não cravar um bom salto. De acordo com as informações oficiais, a norte-americana sentiu uma lesão no salto e estaria se preservando para o individual geral na quinta-feira. A imprensa estadunidense, no entanto, especula que o motivo do afastamento foi uma questão psicológica da ginasta. Caso se recupere, ela ainda poderá disputar as cinco finais individuais — a primeira começa na quinta-feira, 29.