Comprovante de vacina pode ser acessado nos apps PoupaTempo e e-SaudeSP; veja como emitir

Com a plataforma ConecteSUS, do Ministério da Saúde, instável após ataque hacker, alternativas locais podem ser utilizadas pelas pessoas vacinadas no Estado de São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 10/12/2021 13h04 - Atualizado em 10/12/2021 13h12
FABRÍCIO COSTA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Comprovante de vacinação Comprovante de vacinação contra a Covid-19 físico de São Paulo

O site do Ministério da Saúde sofreu um ataque hacker na madrugada desta sexta-feira, 10, ficando instável e afetando a plataforma ConecteSUS, que disponibiliza o comprovante de vacinação contra a Covid-19 para os cidadãos brasileiros. O documento, também chamado de passaporte da vacina, já é utilizado em diversos Estados e municípios no processo de flexibilização e reabertura da pandemia da Covid-19, sendo exigido para acesso em eventos e locais fechados. Com o serviço indisponível de maneira indefinida, as pessoas que não baixaram o comprovante em PDF podem ter problemas para entrar em alguns estabelecimentos. Entretanto, quem se vacinou em São Paulo pode acessar os passaportes de imunidade também pelos aplicativos PoupaTempo Digital e e-saúdeSP, o primeiro funcionando para todo o Estado e o segundo para a capital paulista.

Segundo a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, até o momento, não houve nenhum impacto do ataque hacker nos registros e monitoramento da campanha de vacinação contra Covid-19 em São Paulo, já que, desde 2020, o governo estadual desenvolveu uma plataforma própria com este objetivo, denominada VaciVida. A ferramenta também emite certificado de vacinação digital. “A plataforma estadual está funcionando normalmente e prevê a submissão rotineira e integralmente ao banco de dados federal. Prezando pela segurança da informação, o envio de dados está temporária e excepcionalmente suspenso até que o Ministério da Saúde restabeleça seu sistema”, diz o texto. Confira abaixo como acessar o comprovante nas plataformas locais.

PoupaTempo Digital

Após baixar o aplicativo, disponível para Android e iOS, é preciso se cadastrar e fazer login, utilizando o cadastro de pessoa física (CPF). A seguir, é necessário entrar na aba ‘serviços’ e buscar o tópico ‘Vacinação Covid-19″. Por fim, bastar clicar em ‘carteira de vacinação’. O documento emitido traz informações sobre as doses, data da vacinação, o profissional vacinador, nome e registro do local, fabricante e o número do lote da vacina aplicada. A ferramenta desenvolvida pela Prodesp também permite baixar o comprovante em PDF e fazer a impressão, se necessário.

e-saúdeSP

No início, o caminho é o mesmo: é necessário baixar o aplicativo, que também está disponível para Android e iOS, fazer cadastro e login utilizando o CPF. Ao conseguir acessar, basta clicar no item ‘passaporte da vacina’, que já aparece na tela inicial, destacado na cor laranja. Assim como o documento disponibilizado pelo ConecteSUS, do Ministério da Saúde, as versões estaduais e municipais de São Paulo contam com QRcode e podem ser utilizados em todo o território nacional.