Doria critica fala de Bolsonaro sobre Forças Armadas: ‘Cala-te’

Pelo Twitter, o governador de São Paulo afirmou ainda que o presidente ameaça a democracia do Brasil; ‘Como se não bastasse a incompetência generalizada do seu governo desastroso’, escreveu

  • Por Jovem Pan
  • 18/01/2021 20h46 - Atualizado em 18/01/2021 20h47
ELIANE NEVES/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO - 17/01/2021 João Doria

O governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), criticou as falas do presidente Jair Bolsonaro sobre as Forças Armadas no início da noite desta segunda-feira, 18. Pelo Twitter, Doria afirmou que “como se não bastasse a incompetência generalizada do seu governo desastroso, Bolsonaro volta a ameaçar a democracia do Brasil”. O governador se refere ao comentário do presidente nesta tarde. Ao falar com apoiadores, Bolsonaro disse que “quem decide se o povo vai viver em uma democracia ou ditadura são suas Forças Armadas”.

“Sua índole autoritária tem o repúdio dos brasileiros de bem, que condenam sua tentativa de violar nossa Constituição. Cala-te Bolsonaro”, completou Doria, que também postou a mesma mensagem em inglês em sua conta oficial no Twitter. Ainda neste domingo, após a aprovação do uso emergencial das vacinas CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac, e do imunizante da Astrazena/Oxford, em parceria com a Fiocruz, pela Anvisa, o governador de São Paulo já havia rebatida as falas do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e afirmou que a aprovação deveria servir de lição “aos que desprezam a vida”. Doria iniciou a vacinação no Estado de São Paulo minutos após a aprovação do uso emergencial para a Anvisa – a enfermeira Mônica Calazans foi a primeira vacinada contra a Covid-19 no Brasil.