Em abril, mortes de idosos por Covid-19 caem mais de 90% na cidade de São Paulo

Secretaria Municipal de Saúde esclarece que ainda é precoce afirmar que houve diminuição dos casos e óbitos devido à vacinação

  • Por Jovem Pan
  • 28/04/2021 16h44 - Atualizado em 28/04/2021 17h53
DANIELA SEGADILHA/ZIMEL PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 23/04/2021A faixa etária de 60 a 69 anos foi a que sofreu a maior redução no número de óbitos

O número de mortes de idosos por Covid-19 na cidade de São Paulo despencou mais de 90% em abril comparado a março. Enquanto em março foram registradas 3.437 óbitos pela doença em pessoas com mais de 60 anos, em abril, esse número caiu para 333, uma diminuição de cerca de 90,4%. Porém, como o mês de abril não acabou, os números não foram fechados e a taxa ainda pode sofrer alterações. A faixa etária de 60 a 69 anos foi a que sofreu a maior redução em abril, de 91,55%, indo de 1.266 óbitos em março para 107 em abril. Em seguida, vem o grupo de 70 a 79 anos, com uma queda de 90,5%, passando de 1.303 óbitos no mês anterior para 124 este mês. No intervalo de 80 a 89 anos, o número de vidas perdidas foi de 706 em março e de 72 em abril, caindo cerca de 90% em um mês. Para os idosos de 90 anos ou mais, a contração foi de 81,5%, com 162 mortes em março e 30 em abril.

Esses números contemplam casos de residentes em São Paulo, portanto, abrangem as redes municipais, estaduais, privadas ou filantrópicas. Os grupos de mais de 90 anos e de 64 a 90 anos já receberam pelo menos a primeira dose da vacina contra a Covid-19 na capital paulista. Na próxima quinta-feira, 28, começa a campanha de imunização da faixa etária de 63 anos. A Secretaria Municipal de Saúde, no entanto, esclarece que ainda é precoce afirmar que houve diminuição no número de casos e óbitos devido à vacinação. As análises sobre eficácia da vacina para as faixas etárias já imunizadas estão sendo elaboradas pela equipe técnica da pasta.

Confira o número de mortes de idosos por Covid-19 entre março e abril na cidade de São Paulo: