Em carta, Bolsonaro parabeniza Biden pela posse, deseja sucesso e fala sobre Amazônia

Presidente brasileiro declarou admiração pelos norte-americanos, disse que tenta corrigir equívocos de governos anteriores e desejou êxito ao democrata

  • Por Jovem Pan
  • 20/01/2021 18h38
GABRIELA BILó/ESTADÃO CONTEÚDOJair Bolsonaro enviou carta ao presidente Joe Biden

O presidente Jair Bolsonaro cumprimentou e desejou sucesso ao democrata Joe Biden, que assumiu o cargo de presidente dos Estados Unidos, nesta quarta-feira, 20, por meio de uma carta e em publicação nas redes sociais. No Twitter, Bolsonaro afirmou que a relação entre Brasil e Estados Unidos é baseada em “valores elevados, como a defesa da democracia e das liberdades individuais” e afirmou seguir empenhado em promover a prosperidade das duas nações. Na carta de três páginas, Bolsonaro fala sobre a cooperação entre os dois países, lembra que é admirador de longa data dos norte-americanos, deseja êxito ao novo presidente e pede que ele aceite “votos de mais alta estima e consideração” por parte do Brasil.

Além de citar a cooperação entre os dois países, Bolsonaro falou sobre a Amazônia, tema delicado que foi assunto para Biden ainda durante as primárias democratas, quando ele sugeriu “consequências econômicas” para o Brasil caso a preservação da região não fosse mantida. “Estamos prontos, ademais, a continuar nossa parceria em prol do desenvolvimento sustentável e da proteção do meio ambiente, em especial, a Amazônia”, pontua trecho do documento enviado aos EUA. O posicionamento do presidente na carta difere da reação apresentada por ele ainda no mês de setembro, quando Bolsonaro usou o Twitter para classificar a fala do pré-candidato como “lamentável” e falar da “cobiça” de países em relação à região.

No âmbito da preservação, Bolsonaro também citou a participação do Brasil no Acordo de Paris e falou sobre a importância de aprofundar o diálogo na área energética. Afirmando que EUA e Brasil são as duas maiores democracias do mundo, Bolsonaro lembrou dos potenciais de cooperação na área de ciência e tecnologia e expressou o desejo de cooperar em uma reforma de governança internacional. “No campo econômico, o Brasil, assim como os empresários de nossos dois países, tem interesse em abrangente acordo de livre comércio, que gere mais empregos e investimentos e aumente a competitividade global das nossas empresas”, pontuou.

Confira a íntegra da carta enviada por Jair Bolsonaro ao presidente dos Estados Unidos: