Goiás confirma dois pacientes infectados com variante inglesa do coronavírus

Um paciente é de Luziânia, e o outro, de Valparaíso, municípios do entorno de Brasília

  • Por Jovem Pan
  • 14/02/2021 17h12
Reprodução/Secretaria de Saúde de GoiásFlúvia Amorim, superintendente da Secretaria de Saúde de Goiás

O governo de Goiás informou que dois moradores do estado foram diagnosticados com a variante inglesa do coronavírus, considerada mais transmissível do que a cepa original. Um dos pacientes é de Luziânia, e o outro, de Valparaíso  — ambos municípios do entorno de Brasília. “A Secretaria de Estado da Saúde recebeu nesta semana a notificação de dois casos em que o sequenciamento genético confirmou a variante do Reino Unido. Ela é uma das variantes de importância epidemiológica”, informou Flúvia Amorim, superintendente estadual de vigilância de saúde

Segundo a secretaria, as pessoas com que os dois pacientes tiveram contato serão examinados. “Caso seja possível, vamos sequenciar as amostras”, disse Flúvia. A superintendente disse que “já imaginava” que a variante inglesa circulava em Goiás e acredita que o mesmo ocorra com a mutação de Manaus. As variantes do coronavírus têm maior potencial de contágio porque, de acordo com infectologistas, vírus se torna mais agressivo quando se diferencia biologicamente.