Guedes defende que estabilidade do servidor público seja ‘conquistada’

  • Por Jovem Pan
  • 09/12/2019 18h08 - Atualizado em 10/12/2019 09h26
Flickr/Palácio do Planalto"Queremos justamente que a opinião pública respeite o servidor que está atendendo bem e passou por uma avaliação", explicou

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta segunda-feira (9) que a reforma administrativa que está em estudo pelo governo vai valorizar o quadro atual do funcionalismo e da manutenção dos direitos adquiridos pelos servidores.

Ele defendeu que a estabilidade não seja automática, mas conquistada pelo profissional após anos de boas avaliações no trabalho. “Vamos continuar dando essa estabilidade de emprego para quem entrou há apenas um ano? E se for um mau servidor? Queremos justamente que a opinião pública respeite o servidor que está atendendo bem e passou por uma avaliação”, explicou.

“O funcionário tem que passar na peneira, ser bem avaliado, para não ficar com essa imagem que o servidor tem hoje na opinião pública. É um trabalho de reconstrução do País que envolve todas as dimensões”, completou.

Guedes voltou, ainda, a criticar o que chama de gigantesca máquina perversa de transferência de renda do Estado, citando o uso dos bancos públicos por governos passados para alavancarem determinados setores da economia.

* Com informações do Estadão Conteúdo