Líder da facção criminosa Comando Vermelho é preso no Rio

Roger Pereira Moizinho, conhecido como ‘Macarrão’, seria responsável por mais de 30 homicídios que ocorreram nos últimos 26 meses em Minas Gerais

  • Por Jovem Pan
  • 10/04/2021 14h43 - Atualizado em 11/04/2021 10h54
Agência BrasilO criminoso foi preso no Morro da Providência, no centro do Rio de Janeiro

A Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMRJ) prendeu neste sábado, 10, Roger Pereira Moizinho, conhecido como “Macarrão”, que é apontado como chefe da facção criminosa Comando Vermelho. Segundo o Ministério Público do Rio de Janeiro, o criminoso era procurado por todo território nacional e seria responsável por mais de 30 homicídios que ocorreram nos últimos 26 meses em Minas Gerais. A operação para prender Roger foi realizada no Morro da Providência, região central da capital fluminense, pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPRJ, em parceria com promotores do Gaeco de Minas Gerais e com agentes do Comando de Operações Especiais da PMRJ.

Além da prisão de Roger, os policias também cumpriram mandados de prisão e de busca e apreensão contra Washington Willian Venâncio da Silva, vulgo “Xarope”, que já estava preso no Presídio Elizabeth Sá Rego, no Complexo Penitenciário de Gericinó (Bangu V) por outro processo judicial. Durante a operação que prendeu o suspeito,  tiroteios foram registrados no morro entre as 6h e 8h. Não há informações sobre feridos até o momento. O VLT Carioca paralisou as linhas 1, 2 e 3 parcialmente  entre as estações Parada do Navio e Santos Dumont; Santa Rita e Santos Dumont e Saara e Praça XV por volta das 7h30 alegando “questões de segurança pública” na região. O funcionamento voltou ao normal por volta das 12h30 do sábado.