SP antecipa vacinação dos adultos contra Covid-19 para 16 de agosto

Antes, data prevista era dia 20; jovens de 12 a 17 anos poderão ser imunizados a partir do dia 18 de agosto

  • Por Jovem Pan
  • 28/07/2021 13h03 - Atualizado em 28/07/2021 15h57
Fábio Gonçalves/Fotoarena/Estadão Conteúdo - 01/07/2021Segundo o governador João Doria, isso só foi possível porque São Paulo comprou quatro milhões de doses da vacina CoronaVac adicionais

O Estado de São Paulo vai vacinar toda a população adulta, com mais de 18 anos, até o dia 16 de agosto. A data foi antecipada em quatro dias, já que anteriormente estava prevista para o dia 20. Com isso, também foi antecipada a imunização dos jovens de 12 a 17 anos — do dia 23 de agosto para o dia 18 de agosto. Segundo o governador João Doria, isso só foi possível porque São Paulo comprou quatro milhões de doses adicionais da vacina feita em parceria com o Butantan, a CoronaVac, que já foram distribuídas pelo Plano Estadual de Imunização. Até o momento, mais de 35 milhões de pessoas já foram vacinadas no Estado.

Confira as novas datas

30 a 34 anos – 19 de julho a 29 de julho
28 e 29 anos – 30 de julho a 4 de agosto
25 a 27 anos – 5 de agosto a 9 de agosto
18 a 24 anos – 10 de agosto a 16 de agosto

12 a 17 anos com comorbidades, deficiências, gestantes e puérperas – 18 de agosto a 29 de agosto
15 a 17 anos – 30 de agosto a 5 de setembro
12 a 14 anos – 6 de setembro a 12 de setembro

O Estado de São Paulo tem hoje 4.027.062 casos confirmados da Covid-19 e 138.101 óbitos pela doença. A taxa de ocupação das UTIs está em 53% no Estado e 49% na Grande São Paulo. Entre os pacientes internados, 5.907 estão na UTI e 5.555 em enfermaria. A última vez que SP teve menos de seis mil pessoas internadas em UTI foi em 19 de janeiro. Nas enfermarias, esse é o melhor indicador desde o dia 27 de novembro. A semana epidemiológica teve queda de 20,6% no número de casos, 18,3% nas internações e 9,6% nos óbitos por coronavírus. Cerca de 76,1% da população adulta já foi imunizada com pelo menos uma dose de vacina e 27,5% já completaram o esquema vacinal.