Colégios eleitorais abrem para eleições parlamentares na Hungria

  • Por Agencia EFE
  • 06/04/2014 02h04

Budapeste, 6 abr (EFE).- Os colégios eleitorais abriram neste domingo na Hungria para que os mais de 8 milhões de eleitores decidam se dão um novo mandato ao primeiro-ministro, Viktor Orbán, e seu partido conservador Fidesz ou à esquerda dirigida pelo socialista Attila Mesterházy.

Segundo as pesquisas, o Fidesz conta com uma clara vantagem, ao receber 45% de apoio, enquanto a oposição de esquerda, que obtém 25%, quer evitar que os conservadores obtenham de novo a maioria de dois terços no parlamento, como aconteceu nas eleições anteriores de 2010.

De acordo com a nova lei eleitoral, o número de cadeiras no parlamento de Budapeste baixa de 386 para 199, e as eleições acontecem em um só turno.

Mais de 1.700 candidatos concorrem em representação de 84 listas, enquanto as restantes 93 cadeiras serão divididas segundo o apoio que os partidos recebem do segundo voto emitido para uma das 18 listas nacionais.

Espera-se que o Escritório Nacional Eleitoral da Hungria publique os primeiros resultados oficiais antes das 19h (horário de Brasília). EFE