Bolsonaro diz que há ‘muita coisa errada’ na Petrobras e que ‘novo presidente vai dar uma arrumada’

Ex-capitão voltou a criticar a estatal durante conversa com apoiadores; conselho de administração se reúne para debater indicação do general Joaquim Silva e Luna para a presidência

  • Por Jovem Pan
  • 23/02/2021 13h43
GABRIELA BILó/ESTADÃO CONTEÚDO 27/01/2021Presidente voltou a falar mal da Petrobras durante conversa com apoiadores
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a criticar a Petrobras nesta terça-feira, 23, ao dizer que “tem muita coisa errada” na estatal, e que “o novo presidente vai dar uma arrumada.” Na sexta-feira, 19, o presidente anunciou a troca de Roberto Castello Branco pelo general Joaquim Silva e Luna após uma série de reajustes nos preços da gasolina e do diesel. O conselho administrativo da estatal está reunido hoje para deliberar a substituição. Em conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, Bolsonaro voltou a negar que o pedido de mudança no comando representa interferência. “O que eu interferi na Petrobras? Alguém responde aí? O que eu falei para baixar o preço? Nada, zero”, disse o presidente, que também elogiou Silva e Luna. “Vocês vão ver a Petrobras como vai melhorar. Assim como, se tiver que fazer qualquer mudança, nós faremos.”
Apesar das constantes ameaças de Bolsonaro nas últimas semanas, a queda de Castello Branco gerou forte reação no mercado financeiro. Apenas nesta segunda-feira, 22, a estatal perdeu R$ 75 bilhões em valor de mercado com a fuga dos investidores. A debandada derreteu as ações da empresa em mais de 20% e evidenciou o tamanho da desconfiança. O movimentou levou o Ibovespa, o principal índice da Bolsa de Valores brasileira, para os 112 mil pontos ao recuar quase 5%. Os papéis voltaram a valorizar nesta terça-feira com o mercado de olho nos próximos sinais emitidos pelo governo federal.