Pix do Nubank e do Itaú fica fora do ar nesta segunda-feira

Sistemas já foram normalizados; Banco Central diz que ‘instituições podem individual e pontualmente apresentar instabilidade no serviço’

  • Por Jovem Pan
  • 12/04/2021 14h21 - Atualizado em 12/04/2021 17h11
TIAGO CALDAS/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOUsuários do Itaú e Nubank reclamam de instabilidade no Pix nesta segunda-feira

Clientes do Nubank e do Itaú passaram dificuldades ao usar o Pix, a plataforma de pagamentos online do Banco Central, nesta segunda-feira, 12. Segundo relatos de usuários à Jovem Pan, ao tentar enviar ou receber valores pelo aplicativo, o Nubank avisava que a ferramenta estava fora do ar e pedia para que a transferência fosse feita por TED. A fintech afirmou que o sistema já foi normalizado. Um problema semelhante foi registrado pelos clientes do Itaú. O banco chegou a excluir o botão do Pix da tela inicial do aplicativo, mas manteve o atalho na página de transações. Mesmo assim, quem usava o sistema recebia a mensagem: “Por favor, tente mais tarde. Neste momento o Pix está indisponível.” O atalho foi reestabelecido na tela inicial do aplicativo no começo da tarde. Em nota, o Itaú afirmou que a plataforma está funcionando normalmente. “Durante esta manhã, apesar da instabilidade para realização do Pix no aplicativo do banco, o serviço continuou disponível por meio das centrais de atendimento.” O Banco Central disse que não foram notificadas irregularidades. “Os sistemas do Banco Central estão funcionando normalmente, instituições podem individual e pontualmente apresentar instabilidade no serviço.”

Os dois bancos se manifestaram pelas redes sociais em postagens de usuários que afirmaram não conseguir usar o sistema. “Nós identificamos sim, um comportamento inesperado nas transferências via PIX, mas o nosso time já esta trabalhando na solução, ok?”, escreveu o Nubank para um dos clientes. O Itaú seguiu na mesma linha e afirmou que está tomando providências. “Pedimos desculpas pelos transtornos causado por essa indisponibilidade. Não gostaríamos que ela estivesse acontecendo, mas já estamos tomando todas as providências para que a correção aconteça em breve.”