Filipinas e islamitas assinam acordo de paz após 30 anos de luta armada

  • Por Agencia EFE
  • 27/03/2014 07h03

Bangcoc, 27 mar (EFE). O governo das Filipinas e a Frente Moro de Libertação Islâmica (FMLI) assinaram nesta quinta-feira um acordo de paz após 30 anos de luta armada, em troca da criação de uma região autônoma muçulmana no sul do país.

O presidente das Filipinas, Benigno Aquino; o chefe do grupo muçulmano armado, Murab Ebrahim, e o primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, presidiram o ato histórico diante de mais de mil convidados no Palácio de Malacañang, a residência dos chefes de Estado filipinos em Manila. EFE