Inundações deixam 3 mortos e dez desaparecidos nos Estados Unidos

  • Por Agencia EFE
  • 25/05/2015 12h22

Esmeralda Gonzales avalia danos na casa do sogro na cidade de MartindaleEsmeralda Gonzales avalia danos na casa do sogro na cidade de Martindale

As inundações provocadas pelas fortes tempestades que caíram neste final de semana nos Estados Unidos deixaram três mortos, dez desaparecidos e cerca de duas mil pessoas deslocadas nos estados de Oklahoma e Texas, informaram nesta segunda-feira meios de comunicação locais.

O Serviço Nacional de Meteorologia advertiu que hoje também são esperadas fortes chuvas, o que poderia complicar a situação nos condados mais afetados.

Em Oklahoma, uma mulher de 33 anos morreu dentro de seu automóvel arrastado pela correnteza e um bombeiro se afogou quando ajudava a resgatar outros cidadãos no domingo.

Em San Marcos (Texas), no sul do estado, um homem se afogou após o transbordamento do rio Blanco, segundo as autoridades locais.

Na cidade de Wimberley, no sudoeste do Texas, as equipes de resgate seguiam buscando hoje oito pessoas desaparecidas de duas famílias, segundo informou a rede de televisão “NBC” News.

No condado de Hays, onde está Wimberley, entre 350 e 400 casas foram completamente arrasadas pelas inundações, e outras mil estão gravemente danificadas, segundo explicou a coordenadora de gestão de emergências do condado, Kharley Smith.

“Temos ruas inteiras onde restam talvez uma ou duas casas, e as outras são simplesmente lajes”, assegurou Smith, segundo a emissora “CNN”.

No Texas, cerca de duas mil pessoas foram obrigadas a abandonar seus lares, de acordo com o jornal “USA Today”, e o Serviço Nacional de Meteorologia confirmou a passagem pelo estado de pelo menos um tornado do tipo EF-1, o mais baixo da escala.

As cidades de Dallas e Houston também sofreram danos pelas tempestades, que se estenderam até o estado do Colorado e levaram às autoridades a emitir alertas por possíveis tornados em partes do Kansas, Missouri, Iowa e Illinois.