Brexit: Na véspera de votação, governo britânico e União Europeia trocam cartas sobre colaboração

  • Por Jovem Pan
  • 14/01/2019 11h18
EFEAcordo deve ser votado no parlamento britânico nesta terça-feira

O parlamento britânico deve votar na terça-feira (15) o acordo de saída do Reino Unido da União Europeia – chamado Brexit. Um dia antes, a primeira-ministra Theresa May e os presidentes da Comissão Europeia e do Conselho Europeu, Jean-Claude Juncker e Donald Tusk, decidiram trocar cartas tratando da fronteira física irlandesa.

Os documentos reforçam nenhuma das partes quer que o mecanismo para evitar uma fronteira irlandesa física tenha de ser acionado. Os grupos ainda reiteraram ainda que, se a relação futura ainda não estiver pronta ao fim do período de transição do divórcio, em 2021, e a solução emergencial entrar em vigor, isso ocorrerá “apenas temporariamente”.

A líder do Partido Conservador britânico repetiu o mantra de que está determinada a “entregar o resultado do referendo de 2016 e a demanda que ele representou por maior controle doméstico”, mas reconheceu que a concretização da retirada do bloco está sob risco por causa das preocupações sobre a utilização da fronteira física por tempo indeterminado.

May tem enfatizado que o diálogo euro-britânico sobre os termos da relação futura deve começar “imediatamente” após a votação do acordo no parlamento. Esse pleito foi correspondido por Tusk e Juncker, que reiteram estar “prontos” para assinar o documento e negociar “agilmente” a parceria futura tão logo o Legislativo em Londres o aprove.

*Com informações do Estadão Conteúdo