Estados Unidos registram recorde mundial de mortes por Covid-19 em 24h

Ao longo da quarta-feira, 3.865 norte-americanos morreram infectados pelo novo coronavírus, o maior número já visto em um único dia em todo o mundo

  • Por Bárbara Ligero
  • 07/01/2021 12h17
EFE/EPA/HOANG LEON NGUYEN / POOL POOLA situação atual dos Estados Unidos é pior do que a do início da pandemia, quando o país tinha uma média de 2 mil mortes diárias

Os Estados Unidos registraram 3.865 mortes por Covid-19 ao longo da última quarta-feira, 6, segundo levantamento realizado pela Universidade Johns Hopkins. O número representa a maior quantidade de óbitos por infecção do novo coronavírus em um único dia que já foi registrada em todo o mundo. O recorde, porém, acabou sendo ofuscado pela invasão ao Capitólio na tarde de ontem. Nas últimas três semanas, o número de vítimas diárias da pandemia no país ultrapassou cinco vezes os 3.500, de forma que os Estados Unidos vivem uma situação ainda pior do que a da primeira onda de contaminações. Entre março e abril de 2020, a média do país era de 2 mil mortes a cada 24 horas.

O Covid Tracker Projetc aponta que na quarta-feira, 6, haviam 132.476 pessoas hospitalizadas tratando a Covid-19. A lotação dos hospitais fez com que as autoridades de Los Angeles lançassem novas diretrizes que orientam as ambulâncias a não transportarem pessoas que tenham poucas chances de sobrevivência e a racionar o uso de oxigênio suplementar. Enquanto isso, a campanha de vacinação contra a Covid-19 prossegue em todos os Estados Unidos com os imunizantes desenvolvidas pela Moderna e pela PfizerBioNTech. De acordo com a emissora de televisão norte-americana CNN, o país se aproxima da marca de 500 mil aplicações da vacina por dia, sendo que 5.3 milhões de cidadãos já receberam a primeira dose.