Senador republicano acusa Trump de ações ‘antidemocráticas’

Mitt Romney fez duras críticas ao fato do presidente dos Estados Unidos estar se recusando a reconhecer a vitória do democrata Joe Biden nas eleições

  • Por Bárbara Ligero
  • 20/11/2020 13h25
EFE/Justin LaneAtualmente senador, o republicano Mitt Romney chegou a disputar a presidência com Barack Obama em 2012

Nesta sexta-feira, 20, o senador republicano Mitt Romney utilizou o seu perfil oficial no Twitter para criticar a postura de Donald Trump que, além de ser presidente dos Estados Unidos, é seu colega de partido. “Tendo falhado em apresentar na Justiça um caso plausível de fraude generalizada ou de conspiração, o presidente agora recorre à pressão explícita contra funcionários locais e estaduais para subverter a vontade do povo e reverter a eleição. É difícil imaginar uma ação pior e mais antidemocrática de um presidente americano no cargo”, escreveu. O político está se referindo à recusa do presidente em reconhecer a sua derrota para Joe Biden nas eleições, aos processos eleitorais que estão sendo abertos por sua campanha em diversos estados do país e ao fato de estarem sendo deliberadamente demitidos funcionários públicos que são supostamente contrários à Trump ou às suas alegação de fraude eleitoral.

Na noite desta terça-feira, 18, o presidente demitiu o diretor da Agência de Segurança Cibernética e Infraestrutura, Chris Krebs, que garantiu que houve segurança total no pleito de 2020. No dia 13, foram mandados embora dois dirigentes do Departamento de Segurança Interna, que divulgou um comunicado afirmando que “a eleição de 3 de novembro foi a mais segura da história americana”. No dia 9, Trump anunciou a demissão do secretário de Defesa Mark Esper, se posicionou contra a invocação de uma lei que permitiria que Trump colocasse as tropas norte-americanas para combater a onda de protestos que se espalhou pelo país após a morte de George Floyd.

Em resposta à crítica do senador republicano Mitt Romney, o presidente escreveu em sua conta oficial no Twitter: “Mitt Romney deveria ler isso. Tenho certeza, no entanto, que ele sente que foi massacrado por Obama de forma ‘justa'”. A publicação contém o link para uma matéria do site WayneDupree.com com uma teoria da conspiração que diz que Trump teria “previsto” o que aconteceria com ele nesse ano já que, em 2012, ele insinuou que a disputa presidencial entre Romney e o ex-presidente Barack Obama estavam sendo fraudada.