Variante brasileira do coronavírus é identificada nos Estados Unidos

A nova cepa originária do Amazonas também já foi detectada na Itália e na Alemanha nos últimos dias, apesar das restrições de viagem vigentes

  • Por Jovem Pan
  • 26/01/2021 13h09
Ananda Migliano/Estadão ConteúdoDevido à nova cepa, os Estados Unidos voltaram a proibir a entrada de passageiros que tenham passado os últimos 14 dias no Brasil

Os Estados Unidos identificaram o primeiro caso da variante brasileira do coronavírus em seu território nesta segunda-feira, 25. De acordo com o Departamento de Saúde de Minnesota, a pessoa infectada é um morador do estado que possui um histórico recente de viagens ao Brasil. Originária do Amazonas, essa nova cepa é uma das três que atraíram atenção mundial recentemente, junto com as que foram detectadas no Reino Unido e na África do Sul, por ser considerada altamente contagiosa. A Itália também anunciou na segunda-feira, 25, seu primeiro caso da variante amazônica, e a Alemanha o fez na última sexta-feira, 22.

A farmacêutica Moderna informou que sua vacina contra a Covid-19, que já está sendo aplicada em vários países, protege contra as variantes britânica e sul-africana. No entanto, ainda não há confirmação se ela é eficaz contra a variante brasileira. Enquanto isso, os Estados Unidos voltaram a proibir a entrada de passageiros que tenham passado os últimos 14 dias no Brasil, apesar da entrada ainda ser autorizada a cidadãos americanos ou residentes permanentes.

*Com informações da EFE