Bolsonaro critica passaporte da vacina: ‘Anvisa quer fechar o espaço aéreo de novo?’

Presidente afirmou que haverá outros vírus e variantes pela frente e pediu fim do ‘fique em casa e economia vê depois’

  • Por Jovem Pan
  • 07/12/2021 14h19
Foto: Marcos Corrêa/PRPresidente criticou exigência do passaporte da vacina

O presidente Jair Bolsonaro (PL) criticou nesta terça-feira, 7, a recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para exigir o comprovante de vacinação contra a Covid-19 a pessoas que quiserem entrar no Brasil. “Estamos trabalhando agora com a Anvisa, que quer fechar o espaço aéreo. De novo, porra? De novo vai começar esse negócio? Ah, a Ômicron. Vai ter um montão de vírus pela frente, de variantes. Peço a Deus que eu esteja errado. Temos que enfrentar. Temos aqui o Braga Netto, ministro da Defesa, ninguém vai ganhar a guerra na trincheira. Chega do fique em casa e economia vê depois”, declarou o chefe do Executivo durante um evento da Confederação Nacional da Indústria (CNI). O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso deu nesta segunda-feira, 6, prazo de 48 horas para que o governo federal explique as medidas sanitárias para conter a variante nos aeroportos. A decisão ocorreu em uma ação impetrada pela Rede Sustentabilidade, que pede que seja adotado o passaporte da vacina ou quarentena para os viajantes.