CPI da Covid-19 aprova pedido de afastamento de Mayra Pinheiro do Ministério da Saúde

Na avaliação dos membros do colegiado, a ‘capitã cloroquina’, como ficou conhecida a servidora, pode obstruir as investigações, se mantida no cargo

  • Por Jovem Pan
  • 03/08/2021 11h00 - Atualizado em 03/08/2021 11h02
Foto: Júlio Nascimento/PRRequerimento foi aprovado na manhã desta terça-feira, 3

Na primeira sessão depois do recesso parlamentar, a CPI da Covid-19 aprovou, na manhã desta terça-feira, 3, o pedido de afastamento de Mayra Pinheiro do cargo de secretária de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde do Ministério da Saúde. O requerimento foi apresentado pelo vice-presidente do colegiado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Como a Jovem Pan mostrou, na avaliação dos membros do colegiado, a “capitã cloroquina”, como ficou conhecida a servidora, pode obstruir as investigações, se mantida no cargo. Ainda nesta sessão, os parlamentares ouvirão o reverendo Amilton Gomes de Paula, apontado por representantes da Davati Medical Supply como intermediador entre o governo do presidente Jair Bolsonaro e empresas que ofertavam vacinas. A sua oitiva estava inicialmente marcada para o dia 14 de julho, mas foi adiada porque o religioso apresentou um atestado médico alegando problemas renais, o que foi confirmado por uma junta médica da Casa.