Datena aparece em terceiro na disputa presidencial, mostra pesquisa

Levantamento feito pela Paraná Pesquisas também mostra que Lula seria vencedor em todos os cenários, mas com uma diferença pequena para o segundo colocado, Jair Bolsonaro

  • Por André Siqueira
  • 29/07/2021 14h57 - Atualizado em 29/07/2021 16h16
Reprodução/Instagram/datenareal/08.06.2021Pesquisa foi encomendada pelo PSL, que pretende lançar o apresentador como candidato à Presidência da República

Levantamento feito pela Paraná Pesquisas e divulgado nesta quinta-feira, 29, mostra o apresentador José Luiz Datena na terceira colocação da disputa presidencial para 2022, atrás apenas do presidente Jair Bolsonaro e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A pesquisa foi encomendada pelo PSL, partido que corteja o jornalista e pretende lançá-lo como candidato ao Palácio do Planalto no próximo pleito. A pesquisa mede o desempenho de Datena em quatro cenários de um eventual primeiro turno e dois de segundo turno: um contra Lula e outro contra Bolsonaro. Em todos os cenários, Lula seria vencedor, mas com uma diferença pequena para o segundo colocado, Jair Bolsonaro. A maior discrepância ocorre em um eventual segundo turno entre os dois. Neste caso, o petista teria 43,3% e o atual mandatário, 28,2% (15% disseram nulo e 3,4% não sabem/não responderam).

Segundo o levantamento, Datena tem o maior potencial de conquistar votos: 52,6% dizem que “poderiam votar” nele. Recém-filiado ao PSL, ele também tem a segunda menor rejeição (39,1%), atrás apenas da senadora Simone Tebet (37,5%), cotada como eventual candidata da chamada “terceira via”. A emedebista, em contrapartida, possui a maior taxa de desconhecimento (48%). Já Lula tem menor rejeição e maior potencial do que Bolsonaro: enquanto 46,7% responderam que não votariam no petista de jeito nenhum, com o capitão esse índice é de 53,3%. Entre os entrevistados, 25,8% disseram que poderiam votar em Lula, e 19,1% em Bolsonaro. Como a Jovem Pan mostrou, Datena quer testar a força de seu nome até janeiro do ano que vem para decidir a qual cargo irá concorrer: se a candidatura à Presidência não decolar até o início de 2022, o jornalista deve optar por disputar uma cadeira no Senado – ele já expressou, em outras ocasiões, a sua preferência por ingressar no mundo político pelo Legislativo.

A pesquisa também considerou os nomes de Ciro Gomes (PDT), João Doria (PSDB), Luiz Henrique Mandetta (DEM), Simone Tebet (MDB) e Rodrigo Pacheco (DEM). Na disputa com esses candidatos, Lula lidera com 33,7%, seguido de Bolsonaro, com 32,7%, Datena (7%), Ciro (6,8%), Doria (3,9%), Mandetta (1,8%), Tebet (0,7%) e Pacheco (0,6%). Brancos e nulos foram 9,4% e 3,3% não sabem/não responderam. Há, ainda, um cenário no qual Doria é substituído pelo governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB) – os tucanos disputarão prévias partidárias em novembro deste ano. Neste caso, Lula tem 33,9%; Bolsonaro, 32,8%; Ciro Gomes, 7,3%; Datena, 7,2%; Eduardo Leite, 2,7%; Mandetta, 2,6%; brancos e nulos, 10%; não sabem/não responderam, 3,5%. O instituto Paraná Pesquisas ouviu 2.010 pessoas entre os dias 24 e 28 de julho, nos 26 Estados e no Distrito Federal. A margem de erro é de 2% para os resultados gerais. Confira abaixo a íntegra do levantamento:

Cenário 1
Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – 33,7%
Jair Bolsonaro (sem partido) – 32,7%
José Luiz Datena (PSL) – 7%
Ciro Gomes (PDT) – 6,8%
João Doria (PSDB) – 3,9%
Luiz Henrique Mandetta (DEM) – 1,8%
Simone Tebet (MDB) – 0,7%
Rodrigo Pacheco (DEM) – 0,6%
Brancos/Nulos – 9,4%
Não sabem/não responderam – 3,3%

Cenário 2
Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – 33,8%
Jair Bolsonaro (sem partido) – 32,8%
José Luiz Datena (PSL) – 7%
Ciro Gomes (PDT) – 6,9%
João Doria (PSDB) – 4,3%
Luiz Henrique Mandetta (DEM) – 2,1%
Brancos/Nulos – 9,8%
Não sabem/não responderam – 3,4%

Cenário 3
Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – 33,9%
Jair Bolsonaro (sem partido) – 32,8%
Ciro Gomes (PDT) – 7,3%
José Luiz Datena (PSL) – 7,2%
Eduardo Leite (PSDB) – 2,7%
Luiz Henrique Mandetta (DEM) – 2,6%
Brancos/Nulos – 10%
Não sabem/não responderam – 3,5%

Cenário 4
Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – 39,5%
Jair Bolsonaro (sem partido) – 34,2%
José Luiz Datena (PSL) – 11,8%
Brancos/Nulos – 11%
Não sabem/não responderam – 3,4%

Cenário 5 – Segundo turno
Jair Bolsonaro (sem partido) – 38,4%
José Luiz Datena (PSL) – 35,5%
Brancos/Nulos – 22,3%
Não sabem/não responderam – 3,8%

Cenário 6 – Segundo turno
Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – 43,1%
José Luiz Datena (PSL) – 31,5%
Brancos/Nulos – 22,3%
Não sabem/não responderam – 3%

Cenário 7 – Segundo turno
Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – 43,3%
Jair Bolsonaro (sem partido)– 28,2%
Brancos/Nulos – 15%
Não sabem/não responderam – 3,4%