Votação no Rio começa com paralisação de duas empresas de transportes

Movimento atingiu moradores das regiões de Jacarepaguá e da Barra da Tijuca, na Zona Oeste

  • Por Jovem Pan
  • 29/11/2020 09h43 - Atualizado em 29/11/2020 09h45
REUTERS/Ricardo Moraes - 18/11/20Antes das 7h, início da votação, já havia eleitor na fila esperando a abertura das zonas eleitorais da cidade

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro determinou a intervenção da Polícia Federal na paralisação dos rodoviários das viações Redentor e Futuro. A paralisação começou na madrugada deste domingo (29). Segundo o TRE, o movimento atingiu moradores das regiões de Jacarepaguá e da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio. O Tribunal considerou a paralisação ilegal. “Representa grave impedimento e embaraço às eleições. As lideranças do movimento serão responsabilizadas na forma da lei penal. A expectativa é que o funcionamento regular das linhas operadas pelas empresas de ônibus seja normalizado rapidamente”, disse o TRE. Antes das 7h, início da votação, já havia eleitor na fila esperando a abertura das zonas eleitorais da cidade. Logo que os portões foram abertos, a entrada foi bem rápida com todos se dirigindo para as salas de votação. O eleitor hoje no Rio vai ter que enfrentar muito calor. A previsão é de que a temperatura máxima chegue 37°C.

*Com informações da Agência Brasil