Ministro Eduardo Pazuello está com suspeita de Covid-19

Nesta terça-feira, 20, o general cancelou parte da agenda de compromissos; no início desta noite, a assessoria de imprensa da pasta informou que o ministro apresentou sintomas da doença

  • Por Rafaela Lara
  • 20/10/2020 21h03
Gabriela Biló/Estadão ConteúdoEduardo Pazuello é o atual ministro da Saúde do Brasil

O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, está com suspeita de Covid-19. A informação foi confirmada à Jovem Pan pela assessoria da pasta na noite desta terça-feira, 20. Mais cedo, o ministro cancelou a agenda de compromissos após sentir “indisposição” e “mal-estar”. O ministério, no entanto, não dá detalhes sobre a realização de exames para detecção do vírus, mas informa que ainda no início desta noite, Pazuello apresentou alguns sintomas da doença. Na agenda do ministro estava previsto um encontro com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, reunião com governadores e encontros com três deputados: Laércio Oliveira (PP-SE), Dr. Zacharias Calil (DEM-GO) e Filipe Barros (PSL-PR). Os três encontros foram cancelados, apenas o fórum com governadores foi mantido.

No fórum, Pazuello participou por meio de videoconferência e anunciou que o governo firmou acordo para compra de 46 milhões de doses da vacina chinesa Coronavac, desenvolvida em conjunto pelo Instituto Butantan e pela empresa Sinovac. Segundo ele, a expectativa da pasta é iniciar a vacinação contra o coronavírus em janeiro. As doses serão distribuídas a todo o Brasil por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI), no Sistema Único de Saúde (SUS). Somadas, as três vacinas em produção – AstraZeneca, Covax e Butantan-Sinovac – representam 186 milhões de doses, a serem disponibilizadas ainda no primeiro semestre de 2021.