Constantino: Decisão sobre Enem deveria ser técnica, mas foi politizada

  • Por Jovem Pan
  • 21/05/2020 07h44 - Atualizado em 21/05/2020 07h59
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência BrasilO Inep confirmou a mudança e apontou que a nova data será confirmada após consulta aos candidatos, que tem até amanhã para fazer a inscrição

Governo federal se antecipa ao Congresso e confirma: o Enem 2020 será adiado de 30 a 60 dias. O Inep confirmou a mudança e apontou que a nova data será confirmada após consulta aos candidatos, que tem até amanhã para fazer a inscrição.

“Uma decisão que seria técnica, que caberia ao Executivo, acabou sendo politizada. E virou uma queda de braço entre Legislativo, Executivo e também uma turma toda fazendo campanha contra o governo porque não gosta do ministro.

O ministro, justiça seja feita, tinha dito que não havia problema em adiar a prova se fosse o caso — mas precisava de mais argumentos pra isso.

Cerca de 2/3 dos inscritos já terminaram o Ensino Médio e muitos ficaram com o discurso de que iria prejudicar os mais pobres não adiar. Isso não necessariamente é verdade. Se atrasar o ano letivo que começa no ano que vem, quem vai ser mais prejudicado é justamente o aluno mais pobre.”