Carlos Fernando, ex-procurador da Lava Jato, é o entrevistado do ‘Direto ao Ponto’ desta segunda

Programa comandado por Augusto Nunes vai ao ar a partir das 21h30 pelo canal Jovem Pan News, no YouTube, e pelo Panflix

  • Por Jovem Pan
  • 16/07/2021 10h00
Geraldo Bubniak/AGB/Estadão Conteúdo - 12/04/2016 Carlos Fernando dos Santos Lima foi membro da Lava Jato entre 2014 e 2018

O programa “Direto ao Ponto“, da Jovem Pan, entrevista nesta segunda-feira, 19, a partir das 21h30, o ex-procurador de Justiça Carlos Fernando dos Santos Lima, um dos membros mais ilustres da Operação Lava Jato em Curitiba — trabalhou na força-tarefa entre 2014 e 2018. Fernando iniciou sua carreira no Ministério Público Federal em 1995. Foi ele quem idealizou a instalação da Procuradoria no município de Foz do Iguaçu. Por duas vezes, foi coordenador criminal da Procuradoria da República no Paraná. Entre 2003 e 2006, atuou na força-tarefa do Banestado, considerada a predecessora da Lava Jato. Hoje trabalha como advogado na área de compliance, investigações internas, monitoria, gestão de crises e acordos de leniência e colaboração premiada. Ele é, até hoje, um grande defensor da operação que culminou na prisão de, entre outras pessoas, Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente do Brasil. Além da Lava Jato, Carlos Fernando falará sobre as mudanças propostas na lei de improbidade administrativa que está tramitando no Congresso. A bancada do apresentador Augusto Nunes terá Paulo Mathias, apresentador da Jovem Pan, Bruno Meyer, jornalista e escritor, Cristyan Costa, editor-assistente da “Revista Oeste”, e Eleonora Paschoal, jornalista e correspondente dos Estados Unidos.

Esta será a 42ª edição do “Direto ao Ponto” (contando entrevistas reprisadas). Carlos Fernando dos Santos Lima se junta a Deltan Dallagnol e Thaméa Danelon, outros dois integrantes da Lava Jato que passaram pela sabatina da Jovem Pan. Também já participaram do prestigiado programa comandado por Augusto Nunes personalidades como Hamilton Mourão, vice-presidente da República, João Doria, governador de São Paulo, Eduardo Bolsonaro, deputado federal mais votado da história do Brasil, e Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Na semana passada, o senador Marcos Rogério (DEM-RO) foi o entrevistado. Um dos personagens mais emblemáticos da CPI da Covid-19, ele disse que “a oposição força a barra para fazer parecer que Bolsonaro comete crime”.  A atração vai ao ar todas as segundas-feiras, das 21h30 às 23h, e é transmitida pelo canal Jovem Pan News, no Youtube, e pelo Panflix.