Fora Luxa? Flavio desabafa e pede que Palmeiras cobre atletas: ‘Querem sair ou vão começar a jogar?’

“O Rony, por exemplo: custou um caminhão de dinheiro e parece um tonto em campo, cai para lá, vira para cá; não está na hora de cobrar os jogadores? Vamos mudar o foco, deixa o treinador trabalhar”, disparou o comentarista do Grupo Jovem Pan

  • Por Jovem Pan
  • 03/09/2020 16h34
Montagem sobre fotos/Mauro Horita/Wilian Oliveira/Estadão Conteúdo/Reprodução/Jovem PanFlavio Prado fez uma dura análise sobre o atual momento do Palmeiras de Vanderlei Luxemburgo

Demitir Vanderlei Luxemburgo? Que nada! Em participação no Esporte em Discussão desta quinta-feira, 03, no Grupo Jovem Pan, o comentarista Flavio Prado desabafou e defendeu que a diretoria do Palmeiras cobre os jogadores em vez de cogitar demitir o treinador pelo mau desempenho recente da equipe. Incomodado com a discussão sobre mais uma possível queda de técnico no futebol brasileiro, o jornalista elevou o tom e disse que, se fizesse parte da alta-cúpula alviverde, colocaria os atletas mais renomados do elenco contra a parede. “Tem que chegar lá e falar: ‘ô, bonitão, você ganha uma grana! Vamos jogar!’. Eu acho que cabe à direção, se for tomar alguma previdência, reunir o elenco, pegar a folha de pagamento e falar assim: ‘vocês estão vendo isso aqui? Vocês custam isso aqui por mês para mim. O treinador é o Luxemburgo! O que vocês querem fazer? Vocês querem sair, ir embora, ou vão jogar bola?'”, disparou.

Flavio Prado ainda se apegou especificamente ao exemplo de Rony. O atacante foi contratado no início do ano e, apesar de ter chegado ao clube com enorme expectativa, ainda não rendeu. Sem gols em 17 jogos com a camisa alviverde, o jogador é um dos mais criticados pela torcida. “O Rony… Tem que jogar! Ele custou um caminhão de dinheiro e parece um tonto em campo, cai para lá, vira para cá… Os moleques é que estão jogando bola! Então, eu acho que tem que virar esse foco para os caras! Eu, se sou o Luxemburgo, ponho para jogar!”, afirmou. “Porque ele está colocando os caras, dando chance… Se eles não querem jogar no Palmeiras, ou têm medo de jogar no Palmeiras, sai! Não tem problema nenhum! A molecada vai pegar (o lugar)! O cara jogar num Palmeiras, num São Paulo, num Corinthians… É o maior momento da vida dele! Quando ele morrer, daqui a 50 anos, ter jogado nesses clubes vira referência de vida. Mas o cara não quer? Vai se catar, pô!”, acrescentou.

Confrontado com a tese de que o time alviverde estaria sentindo a falta de Dudu, ídolo que se transferiu ao futebol do Catar no meio do ano, o comentarista discordou. “Com todo respeito, mas o Palmeiras um dia já perdeu Ademir da Guia! O Dudu foi embora? Boa viagem, até logo! Parece que o Palmeiras foi inventado quando o Dudu chegou! É bom jogador? É, mas calma! Abaixa a bola! Com o Dudu em campo, o Palmeiras também demitiu Felipão, Mano Menezes, Cuca… O clube está dando cabeças faz tempo, fazendo o que o São Paulo faz e que não funciona. Não está na hora de cobrar dos jogadores? Vamos mudar o foco! Deixa o treinador trabalhar!”, finalizou.

Confira o comentário completo de Flavio Prado no vídeo abaixo: