Após foto de homem armado, governo diz que continuará adotando medidas que ‘garantam a tranquilidade’ ao agricultor

Após repercussão negativa, Secom alterou a imagem da publicação pelo dia do agricultor e disse que a fotografia anterior ‘deu margem a interpretações fora do contexto’

  • Por Jovem Pan
  • 29/07/2021 08h50 - Atualizado em 29/07/2021 09h32
Reprodução/Twitter/SecomVcHomenagem do governo federal ao Dia do Agricultor causou polêmica

Uma postagem da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) gerou polêmica. O motivo é que o governo utilizou a foto de um homem armado para comemorar o dia do agricultor. Depois da repercussão negativa, a foto foi alterada. Segundo nota do Palácio do Planalto, a imagem usada, inicialmente em referência à segurança no campo, “deu margem a interpretações fora do contexto”. O governo federal confirmou a importância dos trabalhadores rurais,  lembrou que a categoria, que não parou durante a pandemia, assegurou a produção de alimentos e disse que “continuará adotando medidas que proporcionem mais tranquilidade e segurança em respeito ao agricultor e à sua família”. O presidente Jair Bolsonaro defende a necessidade da utilização de armas de fogo para que “as pessoas possam dormir tranquilas”, principalmente em regiões mais isoladas. Nesta quarta-feira, 28, em conversa com apoiadores, o mandatário anunciou que pediu um levantamento de todos os empréstimos a outros países que foram concedidos pelos governos petistas, empréstimos que, segundo ele, não estão sendo quitados.

*Com informações da repórter Luciana Verdolin