Chega a 4 milhões número pessoas que deixou a Venezuela, diz ONU

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), pelo menos 3,3 milhões de refugiados foram para outros países desde 2015

  • Por Jovem Pan
  • 08/06/2019 10h57
Agência BrasilO levantamento coloca o Brasil como o país com o quinto maior contingente de migrantes venezuelanos: cerca de 168 mil

O número de pessoas que fugiram da crise na Venezuela chega a 4 milhões. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), pelo menos 3,3 milhões de refugiados foram para outros países desde 2015.

O levantamento coloca o Brasil como o país com o quinto maior contingente de migrantes venezuelanos: cerca de 168 mil. Na Colômbia, são 1,3 milhão de pessoas, enquanto no Peru, chegam a 768 mil.

De acordo com a agência de refugiados da ONU, os números alarmantes mostram a necessidade urgente de apoiar as comunidades de países que recebem essa população. Além de Brasil, Colômbia e Peru, refugiados têm se espalhado por Chile, Equador e Argentina.

Os venezuelanos fogem das crises política e humanitária nas quais o país está mergulhado. O autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, tenta retirar o ditador chavista Nicolás Maduro do poder para retomar a democracia.

Os meses de abril e maio foram marcados por violência, tanto em protestos da oposição, quanto na tentativa de se levar ajuda humanitária para dentro do país sul-americano. Desde novembro do ano passado, um milhão de pessoas deixaram a Venezuela.

*Com informações do repórter Matheus Meirelles