Governo de SP inaugura iluminação inteligente na Ciclovia Novo Rio Pinheiros

Sistema de iluminação custou R$ 1 milhão e teve aporte financeiro da Enel; além das luzes, 10 câmeras de segurança foram instaladas na ciclovia

  • Por Jovem Pan
  • 08/05/2021 11h58
Governo de São Paulo/Divulgação/07.05.2021Nova iluminação foi inaugurada nesta sexta-feira

O governo de São Paulo inaugurou nesta sexta-feira, 7, o primeiro sistema de iluminação da Ciclovia Novo Rio Pinheiros. A instalação de R$ 1 milhão foi custeada pela Enel, distribuidora de energia. A iniciativa faz parte de um projeto que pretende transformar o local na primeira ciclovia inteligente do país, por meio de tecnologias inovadoras. Para o Secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado, Marcos Penido, a participação da iniciativa privada no eixo de revitalização traz uma série de benefícios à população. “É um grande sonho que São Paulo e todos os paulistas tinham de poder conviver ao lado do rio, de mostrar que somos um povo que respeita o meio ambiente. Estamos resgatando um marco, que é o nosso Rio Pinheiros”, afirmou. A primeira etapa da obra contempla 130 pontos de iluminação LED ao longo de 3 quilômetros da ciclovia. O ambiente também se tornou mais seguro, porque 30 câmeras foram instaladas com vigilância 24 horas por dia.

Até o mês de julho, serão instaladas mais 10 câmeras de segurança. A iluminação deve ser ampliada gradualmente para o restante da ciclovia, mas ainda não há um prazo para isto. O secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, comemorou a iniciativa e disse que o projeto tem atraído cada vez mais a população em busca de lazer. “Saímos de pouco mais de 32 mil usuários para quase 100 mil usuários mensalmente. Essa já é a nossa realidade”, disse. Até o ano de 2022, a meta do projeto é reduzir substancialmente o esgoto lançado no Rio Pinheiros, o que deve melhorar a qualidade das águas e integrá-lo à cidade de São Paulo.

*Com informações da repórter Caterina Achutti