Reforma administrativa está pronta para ser entregue, diz Guedes

  • Por Jovem Pan
  • 31/01/2020 06h47 - Atualizado em 31/01/2020 09h37
Flickr/Ministério da EconomiaPaulo Guedes disse que confia que a reforma administrativa é a mais simples de ser aprovada

O ministro da Economia, Paulo Guedes, acredita que em até duas semanas a reforma administrativa deve ser encaminhada ao Congresso. O projeto chegou a ser cobrado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, na última quarta-feira (29).

Segundo Guedes, a proposta teve que ser adiada devido a alguns desacertos políticos com relação à reforma da Previdência.

O ministro também apontou uma preocupação do governo em não dar pretexto para manifestações como ocorreram na América Latina, principalmente no Chile.

Segundo ele, o presidente Jair Bolsonaro nunca foi contra a reforma. “Eu sei que vocês estão bem intencionados, mas não vou dar pretexto para botar desordem na rua. O presidente nunca foi contra, foi uma questão de timing. Então nós estamos falando de uma ou duas semanas para chegar lá.”

Paulo Guedes disse ainda que confia que a reforma administrativa é a mais simples de ser aprovada. Para o ministro, com a desidratação da proposta, ela apresentará pouca resistência — já que não irá atingir os direitos atuais dos funcionários públicos.

*Com informações do repórter Vinícius Moura