Rio Tietê tem ‘montanhas’ de espuma tóxica em Salto, no interior paulista

  • Por Jovem Pan
  • 06/03/2019 07h05 - Atualizado em 06/03/2019 09h12
Reprodução/TV Globo

A poluição no rio Tietê formou montanhas de espuma tóxica em Salto, no interior de São Paulo.

O fenômeno ocorre toda vez que a sujeira se mistura com poluentes e detergentes, principalmente quando chove na região metropolitana de São Paulo.

A espuma acabou invadindo o Córrego do Ajudante, que corta o município. Pontes ao longo do curso d’água também foram tomadas pela espuma e assustaram moradores da região, que reclamaram do cheiro forte.

A prefeitura de Salto esteve no local e jogou água para reduzir as “montanhas” de poluição. Equipes da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo também foram acionadas para reduzir o problema na região.

Trata-se do mesmo córrego onde foi flagrada uma mancha de poluição que matou cerca de quarenta toneladas de peixes em 2014.

*Informações do repórter Matheus Meirelles