SP zera roubos a bancos, mas vê alta preocupante de homicídios na capital em janeiro

  • Por Jovem Pan
  • 25/02/2020 06h37 - Atualizado em 25/02/2020 08h52
Marcelo Camargo/ Agência BrasilApesar da redução de alguns crimes no estado, na cidade de São Paulo houve aumento de outros delitos no primeiro mês de 2020

Neste mês de janeiro não foi registrado nenhum caso de roubo a banco no estado de São Paulo. Apesar do aumento no início dos anos 200, o tipo de crime já vinha diminuindo nos últimos dois anos. Em 2019, apenas um caso foi registrado.

Vale ressaltar que os dados fornecidos pela Secretaria de Segurança Pública não incluem os casos de furtos a caixas eletrônicos.

O Estado de São Paulo também registrou queda de 2,5% em ocorrências de homicídio doloso — que é quando há intenção de matar. Os estupros também tiveram leve queda. No entanto, os dados são um pouco diferentes na capital paulista.

Apesar da redução de alguns crimes no estado, na cidade de São Paulo houve aumento de outros delitos no primeiro mês de 2020. Os registros de homicídios dolosos contabilizaram 70 ocorrências — enquanto em 2019 foram 56.

Os de latrocínio — roubo seguido de morte — aumentaram 33% em um ano. O crime de estupro apresentou alta de 11%, chegando a 238 casos na cidade de São Paulo.

De acordo com o governo do Estado, o número de roubos em geral na capital subiu 23,2%.

*Com informações da repórter Camila Yunes