Temer vai à Suíça e deve vender imagem de um Brasil em recuperação

  • Por Jovem Pan
  • 22/01/2018 06h35 - Atualizado em 22/01/2018 07h14
EFE/Sebastião MoreiraSegundo o porta-voz da presidência, Alexandre Parola, ele vai explicar que os indicadores positivos da economia são resultado do compromisso do Governo com a agenda de reformas

O presidente Michel Temer embarca para Davos na Suíça nesta segunda (22). Ele vai participar do Fórum Econômico Mundial onde vai falar sobre a conjuntura econômica e política do Brasil. A ideia é mostrar que a inflação está sob controle, os juros estão baixos e a Bovespa registrando recordes. Temer ainda pretende ressaltar a retomada da geração de empregos no País.

Segundo o porta-voz da presidência, Alexandre Parola, ele vai explicar que os indicadores positivos da economia são resultado do compromisso do Governo com a agenda de reformas: “o presidente levará a Davos a mensagem de que o Brasil retomou seu rumo de crescimento e prosperidade. Mensagem de Brasil mais moderno, competitivo e aberto e que hoje oferece excelentes oportunidades de investimento”.

O presidente ainda pretende apresentar aos investidores, o programa Avançar parcerias de concessões e privatizações.

Segundo o Palácio do Planalto, o programa já permitiu a conclusão de mais de 70 projetos, com estimativa de investimentos da ordem de R$ 142 bilhões. Agora em 2018, outros 75 projetos serão ofertados, com expectativa de captação de mais de R$ 130 bilhões.

*Informações da repórter Luciana Verdolin